6 dicas para otimizar gastos e pagamentos nas empresas

 In Cartões Pré-pagos, Planejamento Financeiro

Cuidar da área financeira de uma empresa é uma das atividades mais importantes para que ela se desenvolva bem. De nada adianta oferecer um produto ou serviço de qualidade e ter uma equipe comercial eficiente, potenciais geradores de uma receita robusta, se essa mesma receita não for bem gerida internamente. Daí a importância e a responsabilidade de quem lida com os recursos financeiros.

Administrar a receita organizacional é um desafio, pois envolve decisões muito importantes com relação à contratação de fornecedores, à contratação de colaboradores, ao pagamento de despesas (fixas e variáveis), entre muitos outros fatores.

Pensando nisso, enumeramos algumas recomendações para quem enfrenta diariamente o desafio de cuidar dos gastos de uma empresa. Confira!

Planejamento e análise de dados

A ideia é tentar antecipar ao máximo a composição de gastos da organização para evitar surpresas desagradáveis. Analisando os dados dos meses anteriores, é possível fazer uma média dos custos fixos mensais. Com relação aos gastos variáveis, é importante antecipá-los para que haja tempo de fazer cotações e de buscar as melhores alternativas, pois quem deixa para comprar ou contratar em cima da hora acaba sempre pagando mais.

Administração de estoque

Outro fator importante na administração de gastos é o estoque, seja do produto final comercializado pela empresa, seja das matérias primas utilizadas para compor o produto fim ou o serviço fornecido. Em ambos os casos, quando se trata de estoque, é importante que haja um equilíbrio. Estoque em excesso é capital parado e com risco de desperdício (no caso dos perecíveis). Já a falta de materiais em estoque pode representar a necessidade de aquisições de última hora e, como falamos acima, quem não planeja acaba pagando mais caro.

6 dicas para otimizar gastos e pagamentos nas empresas

Boa relação com parceiros

Ter um bom relacionamento com colaboradores, fornecedores, clientes e qualquer outro parceiro da empresa pode trazer grandes vantagens para a área financeira. As pessoas costumam ser mais flexíveis ao negociar com quem mantêm uma relação de parceria.

Pagamento em dia

Juros e multas podem ser vilões do departamento financeiro da empresa. Atrasar o pagamento de contas pode gerar grandes acréscimos não previstos no orçamento e, com eles, o efeito bola de neve pode ser fatal. Portanto, atenção para os prazos de vencimento é imprescindível.

Antecipação de pagamentos com desconto

Se na proposta de pagamento há a oferta de desconto para quem paga antecipado, fazer essa opção pode ser muito bom para a saúde financeira da empresa. Além do desconto, ganha-se credibilidade com o credor.

Uso de cartões corporativos pré-pagos

No dia-a-dia de quem comanda o departamento financeiro, ainda merece atenção o controle do fundo fixo, o famoso “caixinha”, aquela verba destinada, por exemplo, para o reembolso de despesas realizadas por colaboradores. Esse tipo de gasto, por ser variável, muitas vezes não planejado e realizado por diferentes colaboradores com finalidades diversas, é difícil de controlar e gerir. A comprovação com notas fiscais e recibos pode ainda tornar o processo burocrático e demorado.

Para evitar esse tipo de problema, muitas organizações têm optado pelo uso de cartões corporativos pré-pagos. Com eles, é possível delegar a aquisição de produtos e serviços aos colaboradores sem perder o controle das operações e com segurança garantida.

Além desses, o uso de cartões corporativos traz outros importantes benefícios para a organização. Conheça todos clicando no banner abaixo.

Ebook - Como gerenciar e planejar despesas corporativas com um cartão pré-pago.


 

Recommended Posts